Skip to main content

Audiência pública debate agrotóxicos no Maranhão

Foto: Divulgação

Para debater e dialogar sobre a situação dos agrotóxicos no Maranhão, uma audiência pública foi realizada na terça-feira (21/05).

O encontro teve a iniciativa da Rede de Agroecologia do Maranhão (RAMA), da Federação dos Trabalhadores Agricultores e Agricultoras do Maranhão (FETAEMA), do Conselho Estadual de Direitos Humanos, da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) e Justiça nos Trilhos.

A audiência ocorreu de modo híbrido (virtual e presencialmente) na sede da FETAEMA.

Participaram representantes de organizações, estudantes, professores(as), trabalhadores(as) dos direitos humanos e sociedade civil em geral.  Incluindo a presença de integrantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Debates

Foram ouvidas as graves denúncias de 18 comunidades atingidas pela pulverização aérea. Além de serem apresentados dados de contaminação por agrotóxicos, pela Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida. 

Também foram dialogados pontos imortantes em relação a Lei Estadual Contra Agrotóxicos, um projeto de lei proposto pela sociedade.

Houve o encaminhamento da criação de um canal de comunicação para denúncias e atendimentos de possíveis irregularidades que envolvam pulverização aérea. Além de serem discutidas estratégias de mobilização da sociedade civil contra os agrotóxicos.

Foto: Divulgação

Dados 

Segundo levantamento da RAMA e da FETAEMA, em quatro meses pelo menos 34 comunidades, em 12 municípios do Maranhão, denunciaram o uso indiscriminado de agrotóxicos em seus territórios.

Estes venenos foram lançados por aviões e/ou drone sobre moradias, plantações, rios e igarapés. Impactando diretamente a vida de milhares de moradores.

Leia também: Eleições municipais e saneamento ambiental

As comunidades estão sofrendo com adoecimento físico e psíquico, perdas de produções agrícolas, de acesso à água, insegurança alimentar, além de outras consequências causadas pelos agrotóxicos.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x

Acesso Rápido

Mais buscados